sábado, 9 de abril de 2016

Os dias que voam sem quase nos pousarem nas mãos

Chego do trabalho, janto, passo um bocadinho com a família, vou tomar banho, seco o cabelo, estico-me na cama, ligo o pc, e fuck, já é uma da manhã... Os dias têm voado mesmo. Já me está a dar aquela coisa da velhice em que os dias parecem cada vez mais curtos e o tempo passa cada vez mais rápido.