segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Óscares, os mais bem vestidos*

 *just kidding.

O facto de Alejandro G. Iñárritu ter ganho o óscar de melhor realizador, e de Spotlight ter ganho o melhor filme no mesmo ano, é uma contradição abismal da academia. Se por um lado, temos a confirmação que vivemos na era do cinema em que o show-off é tudo, por outro lado, temos a lembrança de que o conteúdo ainda é o que conta.
Resumindo, fico feliz por Spotlight ter levado a estatueta maior.

(E a menina que tanto me cativou em The Danish Girl também ganhou. Eu devia ser olheira de actores, pá.)
 

Sem comentários: