quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

E com entrada directa para o top dos filmes que me fizeram chorar as pedras da calçada


Vi assim meio que por acaso. Andava à procura de um filme com alma. Já há muito tempo que não via um filme com conteúdo, e como tinha lido algures que este era baseado numa estória real, decidi ver. Para além que ver o Eddie Redmayne a vestir-se de mulher, prometia qualquer coisa de espectacular. E ele é fantástico, mas a jovem actriz que interpreta a mulher dele, deslumbrou-me. Aquela cena que não me sai da cabeça "I need my husband! I need to hold him! Can you please get him? Can you please try??". Lá vou eu começar a descascar cebolas outra vez.

Todo este filme é um relationship goal. Simplesmente adoro a relação deles e espero um dia amar alguém da mesma forma que a Gerda ama o Einar/Lili. Snif.

1 comentário:

Maria do Mundo disse...

Está na minha lista dos próximos.