quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

A minha alegre terrinha


Ontem, na minha cidade, mais de 3600 pessoas se juntaram para fazer a maior árvore de Natal humana do mundo! É desta comunidade que me orgulho. A minha cidade sempre teve um espírito de Natal especial. São os reencontros, o matar as saudades. As missas do galo à meia-noite. As crianças que acreditam no Pai Natal, mesmo que este tenha voz de mulher... Toda a gente volta à terra por estes dias. Menos eu, este ano. Mas brevemente. Brevemente.




1 comentário:

S* disse...

Uau, que encanto!