terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Keep calm e vive como sempre viveste,

se foste bem feliz até aqui.

Não fiz nenhuma resolução de ano novo. Ou quer dizer, se calhar até fiz, já as fiz foi em meados de  2014, quando adiei tudo para 2015. E adiei porque tinha que adiar. E como vi relativamente cedo que 2014 já não tinha muito por onde dar, prometi a mim mesma ter paciência e manter a calma, e em 2015 prego a fundo. Ok, não a fundo, assim mais pé no pedal de levezinho, que eu gosto de manter um certo quê de segurança...
Então prometi que em 2015 ia mudar de trabalho, de casa, viajar mais, fazer uma actividade que nunca tenha feito, aprender a usar o Excel e quiçá o Photoshop, e... se me der assim na real gana como me dá às vezes, mudar-me para outra cidade. Claro que sei que estes planos não se vão concretizar todos, porque uns vão acabar por anular os outros, e por muito que tenha vontade, agora com trabalho novo, já estou a ver que não me vai sobrar muito tempo.
Mas no fundo, a minha maior resolução para 2015 é voltar a ser a pessoa que era em 2013 e 2012 e 2011 e por aí fora, e deixar-me de merdas.
Parece-me ser uma boa resolução.

Sem comentários: