segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Então já se passaram três anos






Três anos de novas experiências, novos amigos, velhos amigos, novos lugares, alegrias e desilusões, chegadas e despedidas, multidões e solidão. Três anos a caminhar sem destino pela cidade e a perder-me voluntária ou involuntariamente. Três anos a encontrar-me a mim mesma. Três anos de uma relação amor/ódio (mais amor que ódio, mas tive os meus momentos) com esta cidade inevitavelmente viciante. Cidade que ainda não estou pronta para abandonar. Pelo menos não agora.



Sem comentários: