quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Fogos em Waterloo - press forward

Pois, trocaram-me as voltas, e já não vou poder fazer o que mais queria na primeira passagem de ano em Londres. No dia 31 estou a trabalhar até às 20h30 e depois desta hora já é impossível arranjar lugar junto ao rio para ver os fogos.
Como vamos ter duas amigas a vir de Portugal, e os horários da Selene e o Silverboy também não são melhores, a nossa noite de passagem de ano vai ser uma incógnita até à última hora.
Mas pensando bem, foi sempre deste jeito que fizémos melhor as coisas hehe.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Merry Happy Natal!


É o que desejo aos que passam por aqui e a mais alguns que não passam :) Que este seja um fim-de-semana doce e encantado!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Já fomos ao bacalhau

O bacalhauzinho da nossa ceia de Natal já está comprado, com o alto patrocínio do supermercado português Ilha Dourada, em Stockwell (local onde também encontrámos leite condensado cozido, avé). Foi engraçado como apenas com a informação que havia bacalhau em Stockwell nos aventurámos (debaixo de chuva, o que proporcionou alguns momentos insólitos) e fomos dar com o lugar, sem ter que passar vergonha a perguntar a alguém na rua por salt coad LOL. O Sr.bacalhau e restantes apetrechos da consoada (comprados no Tesco) já estão arrumadinhos na casa do Silverboy, onde aguardam ansiosamente, tal como nós, a noite de 24.

Como daqui até sábado estou sempre a trabalhar até de noite, já não vai dar para aproveitar muito mais deste Advento, mas não faltará Natal depois do dia 25, porque ainda há muito que aproveitar um pouco por toda a parte (e falta andar nas atracções do Winter Wonderland!).

Não trabalho no Boxing Day, o que me deixou extremamente feliz por não ter que sair de casa, mas agora já me pus a pensar se não arranjarei coragem de enfrentar a selvajaria que vai ser por essas ruas só para ir espreitar os telemóveis... (faz mesmo falta ter um smartphone nesta cidade).
E... tcharan! Para minha própria surpresa estou de folga dia 31 e 1! E como tinha dois dias de férias para tirar do corrente ano, vou tirá-los a 2 e 3 de Janeiro. Bem que me posso partir toda na noite de Ano Novo que não me faltará tempo para recuperar hahaha.

Mas bom, antes disso o Natal que é mais importante e me diz muuuito mais. E como diria a Selene, apesar de estarmos longe de casa temos a sorte de passar esta festividade com as pessoas preferidas a seguir à família :)

Para quem estiver interessado, o bacalhau é 10 £ o quilo, e sim, o título foi propositado.

domingo, 18 de dezembro de 2011

Esta gente quer matar-me do coração...*

Tenho uma prima que sempre viveu em França, e que eu só vi uma vez na vida (bem, duas agora) a viver em Londres há alguns anos. Antes de vir para cá pedi os contactos dela à minha tia (sim, esta vi variadíssimas vezes ao longo da vida lol) e trocámos alguns e-mails na semana passada, ficando de combinar encontro em Janeiro quando ela voltasse das férias de Natal em França. Mas hoje apareceu lá no trabalho de surpresa a perguntar por mim (eu disse onde trabalhava num dos e-mails), e apanhou-me mesmo a jeito porque estava a 15 minutos de começar. Fiquei parva quando o meu colega me disse que estava uma pessoa à minha procura e mais que parva quando a vi, e ela também. Mas foi giro, especialmente a ânsia dela em vir procurar-me, foi algo que me deixou feliz. :)

A propósito de coisas felizes, it's beginning to feel a lot like Christmas... há sempre uma pai natal por perto, os motoristas do metro não dizem que o sinal está vermelho, mas sim da cor da época, [não se vê o chão na Oxford Street], e não é por nada, mas as pessoas estão em geral mais fofas umas com as outras!


*Isto abrange também outras certas pessoas que me aparecem de surpresa no trabalho, e eu que tenho as emoções à flor da pele, acabo por assustar os colegas -.-'

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

3 meses de Londres celebram-se assim

- Sair de trabalho às 22h50 e vir a correr p'ra casa;
- Chegar a casa, receber notícias insólitas, dois dedos de conversa e ala que se faz tarde;
- Ir ao Tesco à meia-noite comprar cervejas e detergente para a roupa;
- Estar à espera na caixa do Tesco a babar e a fazer comentários rebarbados sobre um polícia gostosão que está à nossa frente (somos mesmo taradas);
- Chegar a casa, meter cervejas no congelador e Oasis a bombar no pc e começar a festa!;
- Beber;
- Beber mais um bocadinho;
- Cantar, cantar, cantar;
- Ter uma conversa alcoolicamente alegre e estranha com a flatmate nova que não se lembra que idade tem (não devia estar muito melhor que nós);
- Dizer umas quantas lamechices sobre a amizade;
- Comer baguetes, pecan maples e pringles;
- Cantar mais um bocadinho;
- Falar do futuro;
- Arrumar a cozinha;
- E por fim, lavar os dentes, xixi e cama que hoje foi dia de trabalho! :)




"You don't have to come and confess, we're looking for you! Homeboy! Home-Home-Home-Homeboy!"


domingo, 11 de dezembro de 2011

OMG


Folga finalmente! Ai que amanhã já vou espairecer! kikikiki kikikiki (podia dar-me p'ra pior)

domingo, 4 de dezembro de 2011

Apetece-me apanhar uma bebedeira e cantar Oasis

Espero que esta fase do casa-trabalho-casa passe bem rápido, pela minha sanidade mental. Sério.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

E cá por casa

As australianas já foram embora há uns tempos. Ao que parece uma delas ressonava que se fartava e a outra não aguentou mais. O Yamen disse-me que se ouvia do quarto dele e que a Stef e a Elisa (as italianas) também ouviam, eu cá nunca dei por nada! Mas ouvia a respiração forte dela quando subia as escadas, por isso está explicado o seu pequeno problema nocturno. O Yamen também vai deixar a casa para ir para a zona 5 (!), como é que é possível... Mas ao que parece a outra casa é espectacular (a julgar pelas fotos...) e vai morar com amigos.
Veio cá uma portuguesa ver o quarto vago, era simpática e tal e eu até comecei a gostar da ideia de ter cá outra tuga, mas enquanto estava nas escadas não pude deixar de ouvir a conversa dela com o Yamen. A miúda deve ser do mais racista que pode haver, pôs-se para ali a dizer que não quer viver com brasileiras porque os brasileiros só fazem m**** em Portugal, e que tem que confiar em quem vive porque (preparem-se), gosta de ter as suas Lois Vuitton (nem sei se escrevi bem isto!). Eu nem queria acreditar no que estava a ouvir. Espero sinceramente que ela não fique cá em casa e que o Yamen não fique com a ideia que os portugueses são uns todos uma cambada de preconceituosos e chauvinistas. Mas tem duas tugas cá em casa que são uns amores de pessoa, por isso, acho que não 'xD
Momento estúpido meu foi hoje enquanto estava a fazer o almoço, o Yamen vai fumar um cigarro para o terraço e eu já tinha percebido que estava com muito baixo astral mas nem lhe disse nada. Ele vem e pergunta-me "day off?" e eu "yes, but I'm really mad, I wanted to go to Richmond and have lunch outside but this weather..." e ele "I'm not good aswell, my father died yesterday..."
Podem imaginar a cena, eu ali a queixar-me do tempo e ele a viver um drama a sério. Senti-me a pessoa mais ridícula :S

Nos últimos dias tenho...

...trabalhado, folgado, passeado (não tanto quanto gostaria relativo a tempo, trabalho, finanças), dormido, dormitado e por aí. Os programas têm sido poucos mas bons e muito natalinos, há uns dias fui a Marylebone High Street ver as luzes, o concerto de Natal e a feirita, na semana passada eu e o Silverboy fomos à Winter Wonderland (onde ainda voltaremos mais umas quantas vezes) em Hyde Park Corner e hoje fomos então visitar o famoso maior shopping da Europa (até ver), o Westfield de Stratford [o primeiro e original fica ao pé da minha casa e eu nunca lá fui], e diga-se de passagem que estávamos bastante inspirados para as figuras tristes :D

Feliz Nataaaaaal!







A neve artificial de Marylebone! :D


quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Resignation Letter

Está escrita e prontinha a ser impressa e assinada.

Come eu disse ainda agora à Selene, parecerá muito 'awkward' estar a sentir como se este momento fosse o fim de um primeiro capítulo da vida em Londres?

Ela disse que não :)

Amanhã começo no novo emprego. Do bar já vão ficar saudades de muitos colegas.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Obrigada RTP

...estás sempre lá para mim!

Ironia, claro. Quem me conhece pessoalmente sabe bem o amor que eu tenho ao nosso serviço público. -.-'

Mais alguém a tentar ver o jogo da selecção? Se calhar a RTP até me está a fazer um favor!

Dois meses de Londres


E as primeiras "mudanças" já se começam a fazer... Fresh news coming soon.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Christmas lights at Regent Street

Eu e a Selene fomos ontem até à Regent Street para assistir à festa do "switch on" das luzes de Natal.
Para carregar no botãozinho estiveram a Kelly Clarkson, o Matt Cardle (X-factor), a Emma Bunton e o Bill Nighy (ah!).
Antes desse belo momento, que contou também com fogo de artifício e aconteceu por volta das seis e meia, tivémos direito a muita música (ou pouca, depende do ponto de vista) com a Kelly, o Matt, o West End Gospel Choir e alguns cantores do musical Thriller (absolutamente fantásticos estes).
Foi bonito, o espírito de Natal já dava ares de sua graça em mim mas devo dizer que ontem acendeu-se completamente.
Ah, no final, ainda tivémos direito a café e chocolates à borlix by Starbucks.
O comércio já começa oficialmente a ficar louco, pelos vistos. Até porque no final passámos pela Oxforf Street e já se notava uma movimentação de pessoas e sacos fora do normal.

Aqui ficam algumas fotos, de questionável gosto e qualidade, mas foi o que se conseguiu!






segunda-feira, 7 de novembro de 2011

This is me

Tenho 24 anos, borbulhas na testa e cabelos brancos na cabeça.
Ofereço-me (ui que isto soa tão bem) como objecto de eventuais investigações científicas.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Westminster Abbey (sem fotos)

Hoje aproveitei a folga forçada para fazer um pouco de turismo. Decidi então ir visitar a Abadia de Westminster, pagar a entrada e ver a coisa a sério. É uma visita que aconselho (estando dispostos a pagar 16 libras) se estiverem interessados em ver artefactos e os túmulos de pessoas que fizeram e fazem parte da História do Reino Unido e do mundo, para além de algumas (poucas mas bonitas) peças de arte sacra.
Ao contrário de St.Paul's Cathedral em que passei por uma centena de túmulos e não vi "gente conhecida", aqui dei logo de caras com Isaac Newton, Charles Darwin, Charles Dickens, Mary of Scotland, bem como a maior parte dos monarcas britânicos. Há também um museu com figuras de cera de alguns monarcas e outras peças, algumas que remontam até aos princípios da abadia, século XI. Ah, também está lá uma porta toda ferrugenta com o letreiro "Britain's oldest door". Hmm.
No museu também é possível ver todos os objectos usados numa coroação para além de se ficar a saber que há milhentos passinhos a cumprir nessa cerimónia. Por isso, se estiverem a pensar num futuro próximo ir assistir a uma coroação (pode ser até a do Carlitos, a ver), levem farnel e mantas, que é coisa para durar umas horas.
A parte má disto tudo é que eu esqueci-me de levar a máquina. Não que desse para tirar fotos lá dentro, mas os turistas têm acesso aos jardins interiores que são lindíssimos. Ainda tentei contornar a situação e tirar fotos com o telemóvel mas kaboom, estava sem bateria!
Se me perguntarem se gostei... gostei, mas sinceramente gosto mais da Catedral de S.Paulo. É mais voltada para a fé, a oração... enfim, tem uma atmosfera diferente. Tem outra grandiosidade, talvez também pela sua história. Pelo facto de ter sido destruída no grande incêndio de 1666 e a terem voltado a erguer, estando ali também presente a força e persistência humana.
A abadia de Westminster é mais "realeza". O que é compreensível, já que desde o início está profundamente ligada à monarquia e lá acontecem todas essas coisinhas como as coroações, os funerais e os casamentos. Por falar em casamento, quando vi o dos "mai novos" na televisão, aquilo parecia-me enorme. Sei lá, parece que a Kate andou quilómetros até ao altar, mas não, é relativamente pequeno até.
Onde é que enfiaram tanta gente?


edit:

Aqui fica uma imagem roubada do Google, que isto só com texto não tem piada.
Aquilo com as flores vermelhas é o túmulo do soldado desconhecido, que é também, no meio de tanta gente importante, o túmulo com mais simbolismo da abadia.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

About last night I just want to say...

WTF?!

Não, foi brutal. Tivémos staff training e depois disso começámos a "enfrascar" no nosso bar. A seguir fomos ao Piccadilly Institute e depois ao Tiger Tiger, que a meu ver fez juz à fama, porque aquilo é mesmo uma loucura, então com bebidas à borla...:P e depois como nós gostamos muito é do nosso barzinho voltámos pr'a lá para beber "só mais um bocadinho". Acabámos por ficar até quase sete da manhã... Já tivémos mais contextos assim (alcoolicamente alegres) mas foi bom ter uma noite com todo o pessoal fora do trabalho, e poder estar sempre na palhaçada e conhecermo-nos um pouco melhor. Foi uma noite não só divertida mas um tanto ou quanto elucidativa (ou não) mas isso é outra conversa. Bem que eu conto quase tudo neste blog, mas não posso contar tudo!

domingo, 30 de outubro de 2011

Halloween is over and it's not even Halloween yet



Foi giro :)
E amanhã que é o dito dia, vamos ter formação e depois vamos para os copos.
Já avisámos o Ove quanto aos seus "jactos"...

Finalmente vou comer sopa!

O meu irmão esteve de visita a Londres há uns tempos antes de eu vir para cá, e há pouco estávamos a falar ao telefone enquanto eu fazia o meu caminho para o Tesco e ele comenta "metade dos supermercados aí são para as sandes e refeições pré-preparadas". E é verdade, acaba por ser um grande estímulo à preguiça de cozinhar. Eu tenho tentado fugir a isso e ao fast-food, mas claro que aqui se acaba por fazer esse tipo de alimentação com alguma com alguma regularidade. Também não tem sido assim tão mau! Tenho tido (quase sempre) legumes e fruta em casa, mas realmente eu já notava que me faltava qualquer coisa... Sopa! Então hoje aproveitei que é domingo e tudo anda muito calmo por aqui (acho que hoje é o primeiro dia que não me apetece sair de casa!) para tratar do caldo. E só este cheirinho... (sim, estou à espera que acabe de cozer), tinha saudades!

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Fim-de-semana de Halloween

Vou trabalhar vestida de gato preto! É sempre bom =P
Os adereços foram arranjados à pressão na Poundland que estava uma verdadeira loucura... Gente de todas as idades a tentar arranjar máscaras. Agora isto, para a semana já será o Natal.
Mas eu estou ansiosa é por ver os meus coleguinhas, que fizeram muito mistério à volta da fatiota.
Nota-se que aqui há uma grande tradição à volta do Halloween, e eu não me importo já que em Portugal também sempre tive o hábito de me vestir e fazer coisas parvas ou guardar uma noite para ver um filme de terror com os amigos. Vamos lá ver se dá para fazer o mesmo aqui!

Buh!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Eu só não adivinho o Euromilhões!

Trouble in paradise... ou quase.
Pois que cá em casa somos sete pessoas a viver, algo recente, desde que as duas australianas (que são também as pessoas mais barulhentas e desleixadas da casa) se mudaram para cá, há cerca de duas semanas. Como somos sete pessoas, temos um schedule de limpezas que tem tudo para funcionar bem. A casa é limpa sete vezes por mês, o que dá uma média de limpeza feita de quatro em quatro dias, o que é muito bom, até porque apesar de sermos sete, a maioria não passa muito tempo em casa e acaba por não sujar muito. Tirando as australianas, lá está, que uma delas está sempre em casa, e passam o tempo na cozinha a fazer comida e a comer (o que também explica o porte de ambas). Sou tão querida. Pois que bem, estas duas, como boas australianas que são, é tudo muito boa onda e easy-going e tal, mas sabem qual é o problema com as pessoas "cool", não sabem? Só pensam nelas e não respeitam o espaço dos outros e as responsabilidades que têm para com o grupo/casa.
Como eu dizia, a nossa rotina de limpezas tinha tudo para funcionar bem caso fosse respeitada. Temos um calendário na cozinha onde se assentam os nossos nomes no respectivo dia da limpeza e quando acabamos é só escrever OK em frente ao nome. Pois que apareceram uns OK's em frente aos nomes das australianas sem elas terem limpo nada. Há pouco estava na wc cá de cima, que está um verdadeiro nojo, e pensava para mim "isto vai dar merda, vai, vai". Voltei para o quarto, e passado cinco minutos estava o Yamen (que não é senhorio, mas é o responsável pela casa) a bater à porta e a chamar-nos para uma reunião na cozinha. Lá fomos então... e adivinhem o propósito da reunião? Falar com as australianas sobre o facto de elas não terem limpo nada. Uma delas ainda teve a maior lata do mundo de se pôr a dizer que tinha limpo tudo, a cozinha, as casas-de-banho, etc... "I mopped all the house, I cleaned the fucking kitchen" dizia ela. Acho que nós nem estávamos a acreditar no que ouvíamos. Eu pelo menos estava parva, e embora o Yamen quisesse a nossa ajuda e nos estivesse a puxar para dizer coisas, nós preferimos manter-nos caladas que vai daí, não sabemos o que temos debaixo do mesmo tecto e a mesma que estava a mentir, também já se estava a exaltar. "It was just a misunderstanding", ainda disse eu a tentar aliviar a tensão, mas não houve jeito, que a coisa ficou mesmo esquisita e ela saiu logo para o terraço a fumar um cigarro.
Vamos lá ver como vão ficar as coisas agora. É que já estou a imaginar, se elas se põem a limpar contrariadas... mas bom, a outra até reagiu bem à situação e (também para aliviar o ambiente) convidou-nos para ir com elas até ao Ministry of Sound na sexta-feira, e também para um convívio no aniversário dela.
Agora, eu tinha qualquer outra coisa para acrescentar e acabar este post mas já não me lembro! =D

Oh Gattusinho...


Gattuso suffered a paralysis of the seventh cranial nerve following a collision with team-mate Alessandro Nesta that has left the 33-year-old without sight in his left eye.


Eu não me importo de levar artigos com defeito p'ra casa!


domingo, 23 de outubro de 2011

"Muda as moscas...."*

Quando estava a trabalhar na rádio em Portugal, um dos assuntos predilectos para conversas entre mim e os meus colegas eram as asneiras... Essas tão ricas palavras do vocabulário português, umas oficiais, outras nem por isso. Ora ontem foi sábado, dia da estupidez em conjunto a seguir ao trabalho... Enquanto bebíamos umas Stellas andávamos a ensinar uns aos outros as maiores "bad words" da nossa língua nativa e a discutir quais as que tinham maior potencialidade obscena. Não pude deixar de pensar... Diferente país, diferente trabalho, diferentes pessoas, diferentes nacionalidades, a mesma conversa.


*como é que era mesmo este ditado?

Me loves Picca!


Passar por Piccadilly antes de ir para o trabalho é uma chatice. Há sempre algo que nos distrai...


quinta-feira, 20 de outubro de 2011

The Tuga's Club

Ainda aqui tenho que contar que desde que cheguei a Londres, conheci mais dois portugueses, com quem já convivo habitualmente, quiçá futuras amizades, pelo menos essa é a nossa vontade. E nós até somos pessoas fixes. O F. entrou uma noite no meu bar, olhou para mim, achou que eu lhe era familiar e veio-me perguntar de onde eu era "oh really? me too!", e pronto foi assim. Ele já está cá há alguns anos e até tem um grupinho de tugas que se vai juntando sempre. A B. conheci durante a formação, e apesar de estar cá há cinco anos, ainda não tinha conhecido nenhum português! Agora já conheceu quatro só de uma rajada! hahah (cuidado com o que desejas). Aproveitámos terça-feira, em que eu e a B. tínhamos folga, para ir jantar fora e pôr a conversa em dia. Como já é de costume nosso (que era só meu, do Silverboy e da Selena mas agora já transmitimos o vício), ficamos sempre a fechar os sítios todos, ou seja, têm sempre que nos mandar embora... Desta vez fomos ao japonês Wagamama de Convent Garden. Entrámos por volta das 20h e tiveram que nos mandar embora às 23h30... Mas até foram simpáticos. E o sítio é giro, parece uma cantina da escola. O jantar foi todo na risada, o que me soube mesmo bem, que a digestão até se faz melhor.
É bom chegarmos a outro país e conhecermos pessoas igualmente parvas e que compreendam a nossa parvoíce. :)

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Things got pretty wild on saturday!

Os sábados lá no bar são os dias de alguma confraternização(bebedeira) pós-laboral. Neste último depois de termos despachado, limpado e organizado tudo, sentámo-nos num círculo com algumas bebidas no meio e começámos a aparvalhar. O manager, que parece obcecado em nos alcoolizar, deu de inventar um jogo (que por acaso tanto me fez lembrar quando jogávamos ao "buzz" na universidade) desses de beber 'penaltis' quando se falha chamado "Zip Zap Boing". Claro que os nossos cérebros, àquelas horas já estavam mais para lá que p'ra cá, uns mais do que outros e alguns de nós (not me, not me) começaram a ficar seriamente embriegados. O Sanny, o perito em vender Jagermeister, já nos revelava os seus mais valiosos segredos comerciais. O Alexis insistia em imitar a "sexy voice" que diz as paragens nos buses. O Shaddo já não se lembrava onde morava. E o Ove caiu para o lado no sofá e já ninguém o conseguia acordar. Entretanto fomos até à rua aparvalhar mais um bocado e quando voltámos para dentro e nos sentámos, veio o melhor momento (ou não). Basicamente, para verem a coisa da minha perspectiva, eu estava a ouvir o Alexis com a sua conversa de bêbedo a queixar-se da dj e daquela música da "gente está muy loca" pela qual eu também nutro um grande ódio btw, quando vejo toda a gente a pôr-se de pé em cima dos sofás, e eu a pensar "WTF?!" (lá está, como na música), e quando olho para ver o que estava a acontecer... Era o Ove, que estava deitado (a dormir) com o seu 'instrumento' de fora a urinar praticamente para cima de nós. Valeu que os outros tiveram bons reflexos e eu estava na outra ponta. Bem, nos chorávamos de riso, mas ao mesmo tempo estávamos enojados e incrédulos. Como é que alguém faz aquilo a dormir?
Eu já vi muitas cenas caricatas (muitas delas na universidade, óbvio :P) e ainda o outro dia, com a Selene e o Silverboy relembrei muitos desses momentos, mas uma destas nunca tinha visto.
E já estou como a Anna, "I don't want him to touch me again!!".

E pronto, desculpem caros leitores, eu sei que é uma daquelas situações que é dispensável de partilhar mas como ainda me rio que nem uma parva com a cena, tinha que fazer um post.

Já agora, apanhar o primeiro metro do domingo de manhã foi deveras uma experiência interessante. Um pardieiro de ressacas.

E declaro aqui o meu amor à Selene, que (qual mãe galinha), quando cheguei a casa estava esbaforida de preocupação comigo por não saber onde andava. Tenho quem cuide de mim :) Por isso estou à vontade para me encharcar no próximo sábado hahaha.

Vá, eu até sou uma pessoa responsável.

sábado, 15 de outubro de 2011

-------------> 1


Primeiro mês. Bem, como passou a correr, e ao mesmo tempo parece que tanta coisa aconteceu!


edit: e haverá melhor maneira de celebrar o 1ºmês do que queimar o almoço e acordar os flatmates com o alarme de incêndio? foi tudo pensado! xD

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Tanta roupa para passar a ferro...

Ontem trocámos o pub pelo Burguer King de Leicester Square e tivémos direito a a uma sessão de piadas sem piada de dois irlandeses (embriagados, não, isto não é estereótipo) que por ali andavam. Mas ainda deu para rir um bocado :) Gostei principalmente quando um deles disse que já tinha estado num sítio perto do Porto, chamado Albufeira. Ficámos até mais tarde e voltámos de bus para casa. Coisa que eu não me importo nada já que adoro o percurso de Piccadilly até minha casa hehe. Fazer o caminho de Hyde Park Corner, passar pelo Harrods, o Ritz, pelo V&A em South Kensington, por Chelsea com vista para Stamford Bridge, por Fulham Broadway... {Priceless.}

Entretanto, algo aconteceu que vai fazer com que a minha vida nunca mais seja a mesma...

Ter vindo viver para Londres? nah nada disso. Criei o meu primeiro Loldogs!!




E lá se foi a privacidade do Pongo! (ele não se chateia, mas pelo sim pelo não, é melhor aproveitar agora que estou longe daquelas mandíbulas)

domingo, 9 de outubro de 2011

Folguinha boa!

Hoje os tugas vão ao pub! [Over]




(a primeira semana de trabalho correu, diga-se de passagem, muito bem e ouvir comentários como "you rock" e "I just think you're brilliant" são coisas para deixar uma pessoa para lá de inchada. Não me convém muito que tenho que caber no metro)

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Três semanas de Londres (ok, depois desta começo só a contar por meses)


Há três semanas, precisamente por volta desta hora, 13h30, estávamos eu e a Selene a aterrar em solo britânico. Vou guardar sempre na memória que a primeira coisa que vi foi o avião dos Iron Maiden :)

Depois das peripécias iniciais, como entrar no comboio errado, ter que pagar um bilhete a mais, desatinar com as moedas, chegámos à estação de London Bridge onde nos esperavam os braços abertos do Silverboy. Desde aí até hoje tem sido uma roda viva, com muita adrenalina à mistura. Já conheci pessoas que sei que não vou voltar a ver. Pessoas que não me interessa conhecer melhor. E algumas que sinto que se vão tornar mais que conhecidas.
Por aqui, a Selene, o Silverboy e eu temos sido como uma pequena família (como aliás já éramos desde a universidade) e temos aproveitado sempre que podemos para estar juntos. Muitas vezes penso, como sem eles, não seria a mesma coisa. E na quantidade enormíssima de coisas e parvidades que quero fazer com eles por estas bandas...

Três semanas de Londres. Segundo dia de trabalho. Vamos lá que há muito que fazer! :D


Ser tuguês também é...

Gozar com as miúdas que choraram a morte do Angélico Vieira, e pôr uma foto de perfil do Steve Jobs no Facebook, com comentários como "Ai ai morreu o pai do meu iPhone :("

Comentávamos isto eu e a Selene de manhã...

Eu sei que uma coisa é sal e outra é azeite, but the point is, cada um chora a morte de quem sente. Não porque "mete estilo". Já dizia o Sting "be yourself no matter what they say".

sábado, 1 de outubro de 2011

So this is what they call the indian summer

Dia super quente em Londres está a ser passado em casa a fazer as limpezas. Mas não me queixo que depois desta semana estava a precisar de um dia mais relaxado. Logo à noite já nos vamos pôr "ao fresco". Woo hoo!
Ontem foi um dia espectacular que acabou da melhor maneira. Quanto prazer se pode tirar de ir comer um McFlurry de 99p em frente ao Tamisa. E ver tanta gente a passar de calções e t-shirt na rua :). E no regresso a casa ainda tivémos direito a assistir a uma bela cat fight. {enfim} As meninas de Kensington com os seus mini-vestidos e mega-saltos aos berros e a esparramarem-se no chão... Nós fugimos foi logo dali que ainda se viravam para nós... hahaha. Estas inglesas não podem beber.



A propósito de álcool...

Things that may help you to get a job. Don't ask.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Duas semanas de Londres - Progress Report

{Vai ter que ser por pontos aleatórios que hoje a minha cabeça não dá p'ra mais}

- Tudo tem acontecido a 200 a hora, desde arranjar casa, à conta do banco, a arranjar trabalho e até o National Insurance, que uma hora depois de ligar a pedi-lo, fui fazer a entrevista de prova de identidade, e chegou já hoje, precisamente uma semana depois, e mesmo a tempo, porque é amanhã que o vou precisar pela primeira vez;
- Está muuuito calor. Nos últimos dias que estive em Portugal, já estava farta de calor, mas ele seguiu-me até aqui!
- Em Londres, estejas onde estiveres a trabalhar ou a fazer seja o que for, percebes que 90% dos teus colegas querem é ser cantores ou dançarinos (falta de originalidade :P);
- Começo mesmo a levar a sério aquilo que o chefs dizem sobre o tempo de fervura mudar consoante as regiões e a pressão e essas coisas, porque me perece que os "arrozes" e as massas aqui levam eternidades a cozer (sim, mesmo com boa chama);
- Note to self: esquecer compras semanais. A maior parte da comida estraga-se.
- Só num sítio como Londres é que arranjas uma oportunidade de trabalho por seres dado à parvoíce :P
- Já fui duas vezes à missa a St.Pauls, e uma delas foi a de domingo de manhã, muito bem cantada por um coro adulto e outro de crianças, e é espectacular. (se a minha mãe lesse o blog ia gostar disto)
- Tenho mesmo que aproveitar este próximo fim-de-semana para os museus de South Kensington.
- Já troco o mapa por um jornal ou um livro quando entro no tube.
- Conheci uma portuguesa que mora cá há cinco anos sem nunca ter conhecido cá nenhum português (can you believe it?)
- 2nd note to self: Não ir a Buckingham aos domingos, quando se está com pouco paciência para as brigadas dos reumáticos aka turismo de terceira idade. (eu sei que sou uma querida)
- Já tive o meu primeiro acidente aqui (e digo isto assim como quem está à espera de mais). Caí escadas abaixo aqui em casa; cotovelo todo arranhado e uma nádega esquerda maçada são o resultado. {mas consigo sentar-me!}
- Lembrei-me também que o meu santo computador que nunca me deu problemas, puff, pifou precisamente na minha primeira semana cá. A brincadeira que me ia ficando em 60 libras, afinal era só a hard drive deslocada, mesmo assim 20 libras p'ra canto.
- 3rd note to self: O camião do lixo só passa uma vez por semana. Aceita e aprende a viver com isso.
- Na realidade, tenho tanta coisa para fazer hoje mas tinha mesmo que vir aqui apontar a marca das duas semanas, porque daqui a uns tempos vai ser giro relembrar tudo o que aconteceu e apesar de querer fazer um diário da aventura em papel, ainda não tratei disso, e um blog pessoal serve para isso mesmo!
- Amanhã vai ser um dia DAQUELES! (mais um!)

sábado, 24 de setembro de 2011

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Uma semana de Londres =D

E sobrevivemos! Faz hoje uma semana que eu e a Selene chegámos ao UK.
Se me dissessem há uma semana atrás que hoje já teria casa, conta no banco e perspectiva de trabalho aberta... não teria tido a mesma piada!
Realmente como o Silverboy me disse quando eu ainda estava em Portugal, é uma sensação única chegar a um novo país com pouco mais do que algum dinheiro, roupa e documentos e pensar que agora a nossa vida está realmente por nossa conta. Quer dizer, não considero que esteja por minha conta, porque para minha felicidade, tenho a sorte de estar nesta cidade com dois grandes amigos.
E estes sete dias pareceram-me mais sete semanas, in a good way. Ou se calhar é porque sou canino.

Às vezes, basta uma foto para traduzir tudo, mesmo que a qualidade não seja a melhor :P

sábado, 10 de setembro de 2011

SOS I'm mad!

Parece que estou na menopausa. O meu estado de espírito gira do "stressadinho" ao extasiante. A mudança deixa-nos assim um bocado parvos. Ai, mas quero tanto, tanto isto! E cada vez quero mais!

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Pois é...já são 24 anos a virar frangos

Quer dizer então que já só tenho um ano para fazer todas aquelas coisas parvas que sempre quis fazer antes dos 25... *_*


Ui Ui

*Até a Google me presenteou com o melhor doodle de sempre. Sempre foi um privilégio nascer no mesmo dia que o Freddie :)


Life's great!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

E quando se vê um filme por acaso e aparece aquela música que fica na cabeça dias e dias...

Eu não tenho jeitinho nenhum para tirar fotos*



Por isso no meu álbum de fotos, isto chama-se de acidente. Se me perguntarem, não sei como é que eu fiz nem como aconteceu...


*Se todos forem como eu e considerarem "boa" uma foto por ser assustadoramente terrorífica.

sábado, 27 de agosto de 2011

18 dias :|


18 é menos que 20, e é só mais 3 que 15!!

Está oficialmente aberta a época de panicagem. Mas já é como dizia o outro, nada se faz sem uma boa dose de loucura...


terça-feira, 16 de agosto de 2011

A mão invisível


Tell me lies, tell me sweet little lies!! É um bocado roscóscofe esta canção, mas eu até gosto... E eu minto! Minto pouco, porque também pouco há a esconder (não sei se isto será bom ou mau). Minto quando não dá mesmo para omitir, ou para me poupar a uma figura triste. Mas de facto, ainda bem que minto pouco. É que mentiras minhas não sobrevivem muito tempo, devido à minha falta de jeito para as abarcar. Lembrei-me disto pela que me ia acontecendo hoje. Há uns tempo colaborei com uma daquelas empresas que fazem as visitas de cliente-mistério às grandes cadeias comerciais. A coisa até correu bem e fez-se, mas não estou interessada em repetir. O problema é que eles não perceberam da primeira vez que me ligaram (e provavelmente porque não têm mais ninguém)e toca de já há várias tardes me tentarem ligar, e eu sem paciência para os aturar que eles são mais teimosos que a Mafaldinha, não os atendo. Hoje recebi um e-mail, precisamente deles a darem-me parte das tentativas de contacto. Eu, naquela de vamos logo acabar com o assunto, decido inventar que agora estou a trabalhar até às 20h, e por isso é que não os atendo (esta é a parte misericordiosa das mentiras, é que não és tu que és chato, sou eu que não posso, também se aplica e principalmente às relações afectivas e sociais). Ali a escrever um coisinha toda pipi, e não é que já quando estava com a setinha em cima do botão "enviar" me apercebo (deve ter sido o diabinho em cima do ombro) que estava a mandar o dito mail às quatro e meia da tarde?? Ora se a esta hora estou a trabalhar imenso e sem tempo para os aturar, porque estou a mandar o e-mail? E é nisto que falho, e por isso me considero uma amadora na arte de mentir. É que eu até sou capaz de imaginar a mais bela casa, mas depois não percebo de arquitectura. É por estas que estou sempre a dizer que eu não conseguia ser má pessoa. É como o típico, quando estou a falar mal de alguém essa pessoa aparece ali à minha frente, toda iluminada, e esta situação já me aconteceu das formas mais invulgares, do estilo "mas o que é que este está aqui a fazer?? só pode ser por eu estar a falar mal dele". O meu karma tem rédea curta, se eu sou má para alguém recebo logo de volta instantaneamente, e muitas vezes a dobrar. Se belisco alguém, está logo ali a mão invisível para me dar uma chapada. Ou até a mão visível se for preciso xD
Mas lá para às nove da noite de hoje, vou mentir de certeza! =P





segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Hello, hello, hello petite demoiselle!

Vim aqui para escrever alguma coisa, mas como não tenho assim nada de jeito para dizer, vou colocar um video que me mostraram o outro dia e é deveras inspirador! Quando crescer, quero ser como o autocarro 62! Vejam porquê:




Só assim para finalizar, hoje fui buscar o meu passaporte e para não fugir à tradição, a foto tinha que mostrar alguma deficiência. Desta vez fiquei com os olhos descompensados, um mais acima do que o outro. Nada grave. :|



quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Coisas que não interessam nem ao sweet baby Jesus

Dei por mim a pensar, desde que acabei o curso, este é o primeiro mês de Agosto que não trabalho!

Abádidonque ã?

Datas a não esquecer (que eu sou uma cachopa muito organizada):



sexta-feira, 22 de julho de 2011

Grandes frases proferidas pelos génios que tenho a sorte de conhecer #3




"Mãos calejadas são mãos honradas"


pela mãesona


(cuidado com as mentes perversas)

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Em contagem decrescente...

E no sábado mais um "bescáte". Eu não sei se este vai ser o verão mais longo ou mais curto da minha vida. :)

quarta-feira, 13 de julho de 2011

terça-feira, 12 de julho de 2011

OMG! OMG! OMG! Faltam dois dias!



(sim, eu sei, qualquer dia cresço)

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Porque um amigo colocou hoje no facebook e fez todo o sentido

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

Fernando Pessoa


Toma lá morangos!

Um ex-colega de trabalho dos tempos da rádio costumava dizer-me que eu era uma anarquista sindicalista. Embora que o fizesse com carinho nunca percebi porquê...hum. Mas estou a pensar que nas próximas semanas bem posso pôr em prática esse meu lado escondido.
Ora bem. Considerando que falta pouco mais que meia centena de dias para a "mudança da minha vida", assim espero, começo pouco a pouco, a organizar as coisas. O pé de meia está feito, mas como nunca é demais, e sei que vai haver muitas despesas de última hora (e também não queria passar o mês de Julho a olhar para ontem (acho que neste caso seria mais o amanhã), e surgiu a oportunidade no dia em que soube que me ia embora mesmo (oh pá, há coisas que parece que é o destino :)), lá fui eu para a zona das chaminés!
Bom, isto tudo para dizer que agora sou uma operária fabril. É verdade, mais um a juntar aos meus mais que muitos trabalhos temporários, mas este tem um bom motivo. A coisa é dura mas faz-se. Pagam conforme o que se produz. São quase nove horas (que só se fazem se quisermos mesmo levar uma boa "jeira") em pé, sem nunca parar, a tirar o rabinho a morangos congelados que mais parecem calhaus. Ou como nós dizemos, o nosso trabalho é "fazer o cú aos morangos".
Nota: Nunca ninguém disse que neste blog se iria aprender alguma coisa de jeito
Tive que investir numa boas luvas porque as que dão na fábrica parecem aquelas de enfermeiro, e o trabalho é mesmo cansativo, mas como em quase todas as situações laborais tenebrosas da minha vida, há sempre um "joãozinho das anedotas" que me faz dar umas boas gargalhadas, e me ajuda com o meu trabalho, o que me faz levar as coisas bem no "relax". [Eu atraio esta espécie]
E "pirontos", até ao fim do mês, é pelo meio de caixas e caixas de morangada que andarei se as minhas patúnfias superiores se aguentarem. No mês de Agosto, entre festas e assuntos a tratar, não me parece que também vá ter tempo para parar. [eu tentei aniquilar a rima, mas não consegui] Aaaah! Não parar! É disto que o meu povo gosta! E nem se me dá nas vontades de ir à praia.

terça-feira, 5 de julho de 2011

Can't believe this is actually happening :)




[aparte: o meu computador foi para o rehab e como agora acedo à internet através de um pc aposentado e carraçudo, as minhas vindas ao blog estão condicionadas, não que isso signifique alguma coisa]

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Ainda andam com isto "cárlitos"?!?


Pois o Coentrão, o jogador que quer trocar o "maior clube do mundo" por um ainda maior, bem pode estar a desesperar. Mas a culpa não é dele, é compreensível a dificuldade que o Benfica tem em vender a sua pescada. Pois que o Vieira e os outros vermelhos daqui a nada estão a montar barraquinha em frente ao Bernabeu e a fazer pregões, que isto não anda lá muito bom para o negócio. Isto é, se não o fizeram já. Eu bem que estou a imaginar o orelhas vestido de varina "olhó o jogador fresquinho!! compra lateralzinho do Benfica, corre e não cansa, é para adulto e p'ra criança!" Ok, menos.


Já agora, parabéns ao Djokovic, pá curtia que encontrasses o Murray na final...

No surprises

Quando eu dou uma hipótese para as coisas me fazerem querer ficar, parece que tudo me está a enxotar!! {respirar fundo}

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Quem sabe o que vai na cabeça das pessoas...


Olhem-me o caso deste indivíduo. Falta saber se é verdade ou não, mas já não é de hoje que são conhecidos os seus problemas com o álcool, e vá, com a vida em concreto. Mas esta notícia deixou-me mesmo triste. Este tipo é um excelentíssimo actor, e daqueles poucos que parecem realmente interessantes, esbanja carisma por todos os lados. Do aspecto físico, nem vale a pena acentuar nada! E depois, isto. Oh meu caro Jon-Jon, bem sei que não vais ler isto, mas também não tenho o teu mail e não faltará quem te diga coisas bonitas e melhores do que as minhas. Tu por favor, (eu ia dizer solta a franga, mas isso já fizeste várias vezes), arrebita! Nem que seja pelas pessoas que te admiram, e de certeza que são muitas. E pela minha saúde mental também... É que se tu que és tu, te tentas matar, então eu já estive mais longe de me atirar de uma ponte.

Os timings da vida

Dizia-me o outro dia um amigo, e com muita razão, que não podemos estar à espera dos outros para tomarmos as nossas decisões e para darmos passos em frente. E é nessas situações, que percebemos, o quanto, de facto, estamos sozinhos no mundo. Desde que nascemos, fruto das nossas escolhas, ou de escolhas que fizeram por nós, trilhamos um caminho que nunca segue paralelamente com o de outra pessoa, por mais que nos seja próxima. São linhas perpendiculares, por isso mesmo a um ponto se intersectam, e isso equivale a que nos conheçamos uns aos outros (e ainda bem, que é a melhor coisa que levamos desta vida), mas essas linhas seguem os seus caminhos distintos. Eu gosto de lhes chamar os timings da vida. E toda a gente tem os seus. Raramente coincidem. Indivíduo A e B. Se o A está estável, o B está em movimento, se B está disponível, B está em indisponível [credo, que atestado de prepotência científica que parece mais não-sei-o-quê], e assim vice-versa.

obs: achei que pôr esta imagem aqui dava um ar extremamente interessante ao post


Eu acho que se compreende o que eu estou para aqui a tentar dizer. Tentem lá aplicar isto à rotina da vida e às pessoas que conhecem e a vossa relação com elas, e vejam lá se não é verdade... Podemos considerar que é uma bostix, mas se calhar acaba por não ser. Temos que aceitar que as coisas são como são. O melhor mesmo é aproveitar ao máximo o ponto em que as linhas se intersectam, e isso dá-se quase todos os dias, com menos ou mais longevidade, e de resto, não ficar a dormir na sombra. Afinal somos seres vivos, seres VIVOS...
A vida lá fora chama por ti, e há zilhentas linhas no mundo. Põe a tua a andar!

[esta parte moralista foi porque reparei que o texto não chegava a conclusão nenhuma e por isso quis dar-lhe algum sentido]

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Coisas que dá a uma pessoa quando começa a ouvir a BBC 1

I now present you my brand new crush!!!




"THAT'S YOOOUU!!" xD


<3 deixei oficialmente de ouvir rádios portuguesas

Grandes frases proferidas pelos génios que tenho a sorte de conhecer #2


"O mau humor e a tristeza aguçam a inteligência"


:)

A ti, André

...chegaste de mansinho, e aos poucos, com a discrição de cavalheiro que te é característica, foste conquistando todos à tua volta, e espalhando sorrisos e esperança, como quem distribui panfletos da telepizza. Não nos fizeste acreditar, porque essa fé e essa paixão já era parte de nós, mas os teus gestos prometeram-nos lealdade e estabilidade. Valores perpétuos que acabam por ser os mais importantes. Foi contigo que, pela primeira vez, eu pensei que íamos ser felizes "quase para sempre". Pensei "sim! este vai ser o nosso homem!", aquele que conquista títulos e chega ao sétimo céu e quer ainda eternizar junto dos seus. Claro que também queria, com a admiração que sinto (sim, no presente do indicativo) por ti, que fosses conhecer e conquistar o mundo... Digo-te já, meu estimado cavaleiro azul (pelo menos manténs a cor), que de consquistar o mundo não estavas muito longe... E escrevo-te esta carta, rompendo e antes de voltar ao silêncio sobre tudo isto, para te desejar muito sucesso. Eu compreendo a tua decisão. Para triunfar junto dos maiores neste mundo moderno do futebol, há que agir como eles, e sucumbir às leis do dinheiro. Mas tu vales muito mais do que isso, e para provar, cá ficará o legado que deixaste (ou pelo menos aquele que queres deixar, sacana).

Termino esta carta, mas antes disso, deixo-te alguns conselhos... Olha, não passes muita confiança ao Roman, e a tua esposa que tenha cuidado com os jogadores ingleses. Não irrites o John Terry. E compra uma gabardine estilosa.


Com admiração e respeito,

uma portista entre tantos




{eu não vou deixar que te chamem André Libras Boas}

domingo, 19 de junho de 2011

Grandes frases proferidas pelos génios que tenho a sorte de conhecer #1

(andava a escolher com qual começar este novo espaço, mas escolheram por mim hehe)


"eu nunca soube o que queria ser quando fosse grande e ainda hoje não sei, mas sempre soube que queria vir para Londres, acho que a minha profissão era ser emigrante"



esta tem assinatura .. Mr. (que um dia ainda será Sir) Silverboy

Coisas que me lembro

Fosse eu um indivíduo do sexo masculino e neste momento poderia ser um prodigioso jogador de hóquei em patins, quiçá até campeão em título pelo FCP. Noutras palavras, estou a fazer uma espécie de "sliding doors" e a explorar as minhas possíveis vidas paralelas. Claro que comecei logo pelo momento da concepção. [Escrever textos de motivação para ofertas de emprego dá sempre nisto... e "achievements" é uma palavra feia, muito feia!]
Pensar no que eu andaria a fazer se fosse isto ou aquilo não ajuda muito, mas gosto de imaginar que bom seria ir à casa de banho sem ter que esperar nas filas.

Vou voltar ao que interessa!

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Sem comentários

Chego à cozinha, e o meu irmão:

- "Sabes um nome fixe para uma banda?"

- "Quê?"

- "Pregos no palco"


{Até amanhã têm que ter um nome decidido, espero ansiosa pelos desenvolvimentos}

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Best love poem ever!

Having a Coke with you
is even more fun than going to San Sebastian, Irún, Hendaye, Biarritz, Bayonne
or being sick to my stomach on the Travesera de Gracia in Barcelona
partly because in your orange shirt you look like a better happier St. Sebastian
partly because of my love for you, partly because of your love for yoghurt
partly because of the fluoresent orange tulips around the birches
partly because of the secrecy our smiles take on before people and statuary
it is hard to believe when I'm with you that there can be anything as still
as solemn as unpleasantly definitive as statuary when right in front of it
in the warm New York 4 o'clock light we are drifting back and forth
between each other like a tree breathing through its spectacles

and the portrait show seems to have no faces in it at all, just paint
you suddenly wonder why in the world anyone ever did them
I look
at you and I would rather look at you than all the portraits in the world
except possibly for the Polish Rider occasionally and anyway it's in the Frick
which thank heavens you haven't gone to yet so we can go together the first time
and the fact that you move so beautifully more or less takes care of Futurism
just as at home I never think of the Nude Descending a Staircase or
at a rehearsal a single drawing of Leonardo or Michelangelo that used to wow me
and what good does all the research of the Impressionists do them
when they never got the right person to stand near the tree when the sun sank
or for that matter Marino Marini when he didn't pick the rider as carefully
as the horse
it seems they were all cheated of some marvellous experience
which is not going to go wasted on me which is why I am telling you about it.



Frank O'Hara



Provavelmente a maioria das raparigas não iria achar piada nenhuma se alguém lhes disseste isto. Mas eu não. (yes, I'm a freak)

domingo, 5 de junho de 2011

(...)




Não percam esta noite a grande final do reality-show Tacho Pesado - The Biggest Pot.


Agora sim é que é caso para dizer "Portugal votou" ou "os portugueses votaram". Não estou a ser irónica. É que me irrita extremamente quando dizem isso nos concursos. Qualquer dia escrevo uma carta para o provedor.. ou a ERC... ou whatever.

Mas seguindo a lógica, se a abstenção continua um "ai jesus" porque não começar a sortear um pópózito à maneira nas eleições??

sábado, 4 de junho de 2011

Grande fuck!

Então não é que o partido no qual queria votar não tem representação no círculo eleitoral do meu distrito? Pronto, voltamos à estaca zero.

Mas ainda bem que me avisaram, senão já estava a ver a minha figurinha amanhã a examinar o boletim de vota, a virar de frente e verso "então? então? então?". -.-'

quarta-feira, 1 de junho de 2011

"Childhood is measured out by sounds and smells and sights, before the dark hour of reason grows"*

Anos 90, Bué-ré-ré, 1 2 3, pinipon, pega-monstros, peta-zetas, sega, gameboy, tetris, push pop, power rangers, navegantes da lua, dragon ball, banjo, quem é quem, monopoly, spice girls, aqua, motoratos, dartacão, cinderela da TVI (vista umas 15 vezes repetida), vengaboys, O REI LEÃO, colecção dos livros Arrepios, iô-iô's, tamagotchi, inspector gadget, pézinhos da olá (sim aqueles gelados), taco!, magnum cone!, pastilhas gorila, britney spears virgem, chupetas e colares para chupar (lol), hula hoops, ace of base, buffy, titanic, doc martins, beverly hills 90210, super pop, the moffats, cassetes a gravar a emissão da rádio, walkman, tartarugas ninja, pringles, tazos, polly pocket, 2 (só depois 4) canais!, canais espanhóis!, rua sésamo, a carrinha mágica, rugrats, macarena, aladino, pocahontas, whigfield... e tantas, tantas outras coisas. Este dia, para nós crianças grandes, também serve para recordar e celebrar as crianças felizes que fomos! :)



*John Betjeman

terça-feira, 31 de maio de 2011

Aqui entre nós que ninguém nos lê



Quando era pequena tentei ensinar o abecedário ao meu cão, com quadro de giz e tudo.



Imagem daqui.

Alô alô voto útil!

Ora vejamos,
nunca votei num partido "pequeno",
nunca votei num partido sem assento parlamentar.... Até agora também não havia nenhum que me enchesse as medidas. Isto tudo para dizer que já decidi em quem vou votar :)

Olha eu e o meu irmão quando vamos juntos a algum sítio!


E agora, quem é quem? xD

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Lenocínio

Segundo o meu irmão, é um nome muito pomposo, e quem pratica este crime deve ter muito orgulho por praticar o crime com o melhor nome e pode dizer "eu sou um lenocista"...
Como se chama mesmo aquele em que se matam os irmãos? Fratricídio?

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Ai ai, que nunca mais chega 5 de Junho, que eu já me estou a passar

A despropósito, estive a fazer contas à vida, e há pelo menos cinco filmes que quero ver no cinema no próximos dois meses. Tenho que começar a guardar uns trocos, que o preços dos bilhetes andam assim pela hora da morte. Uma pessoa já não sabe se está a comprar um bilhete para ver um filme ou o lago dos cisnes pelo Ballet Clássico de Moscovo... Com o devido (máximo) respeito pela sétima arte.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Chamaram-me Flora na rua, não sei porquê, é que eu hoje estou mais Fauna, como se vê


Eu conheço quem falte ao trabalho para ir almoçar com o primeiro-ministro/candidato a. Ora então, há que trabalhar para o futuro. Como já nos explicava o Quim Barreiros (esse grande pensador contemporâneo) na sua "mestre da culinária" é sempre possível arranjar um tacho melhor quer o anterior.
Agora a sério, toda a gente sabe como é. Mas pá, há pessoal que se dedica a sério à máquina política, que pode ser também só pelo tacho, sim, e é na maioria das situações mas ao menos esses suam a camisola, não é como outros inergumes hipócritas que eu conheço. Pesos mortos.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Ai gosto tanto

"The circus never dies
The act forever haunts theses skies
I know we cannot stay
Farewell to the fairground
These rides aren't working anymore"





White Lies, yes! Apesar do vocalista me fazer lembrar às vezes o vampireco do twilight, my respect!