terça-feira, 31 de agosto de 2010

Passando aqui um instantinho só para dizer que...

..hoje acaba Agosto, e não me lembro de um mês de Agosto que me tivesse durado tanto tempo... Diverti-me, trabalhei, e aprendi muita coisa.
Aprendi que realmente os standards não servem só para os amantes, mas também para os amigos. Aprendi que apesar de ter vinte e poucos anos, tenho mais "noção das coisas" que muita gente "um pouco mais velha" que anda por aí. Vi amigos daqueles estilo "não me faças vomitar" correrem atrás de amores cinematográficos! Percebi que há coisas que realmente não valem a pena e outras que valem todo o nosso esforço. Aprendi que preocupação nunca é solução, take it slow... Fiquei a venerar mulheres de 30, que são seguras de si! E lindas! Aprendi que um minuto pode durar uma eternidade e quatro horas podem parecer um dia... Aprendi a ter muito mais paciência.. ui ui ui! Reforcei o meu colete de balas (lol). Percebi que gosto de ser eu, GOSTO MESMO de ser eu. Vi coisas que me fazem cada vez mais pensar IT'S A MAD MAD WORLD! Percebi que saídas só de mulheres conseguem ser bem divertidas! (acho que o meu lado feminino está a apurar agora) Aprendi que B=B, A=A, se for sempre assim, estamos safos! Mas duvido...

E enfim... quanto ao resto, para quê andar aí uma alma a esfalfar-se quando melhor não fica? ENJOY THE LIFE!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

"Cala a caixa, rapariga!"

A noite de ontem encheu-me a alma e o espírito... Estes momentinhos são a razão de tudo!
Obrigada MENINAS!!


terça-feira, 17 de agosto de 2010

Ainda estou aqui...

...mas o mês de Agosto é, como já se sabe, uma loucura.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Just like a waving flag...

Gosto de poder expressar as minhas opiniões sem ter receio que este ou aquele me venham cobrar isto ou aquilo. Gosto de não ter medo de dizer que não vou com a cara de alguém. Gosto do facto de ter conseguido os meus pequenos troféus à minha própria custa. Orgulho-me de decisões que tomei que outros acharam uma loucura. Sinto-me bem quando vejo que estou certa e ainda melhor quando percebo que estava errada. Feliz pelo caminho que já foi feito e por ver que o mais longo está para vir. Não faço tenção de alugar a alma. De resto, consigo ver em tudo uma pontinha de comédia. Sou LIVRE e gosto, e tu?